Ainda é muito baixo o número de negócios que, antes de iniciar suas atividades, fazem algum tipo de pesquisa ou, dimensionamento de mercado onde pretende atual. Talvez essa seja apenas uma, entre muitas outras causas do fechamento prematuro de um negócio. Existem muitos motivos pelos quais o empreendedor não gosta, e tenta pular essa etapa; Uma delas é porque esse processo exige um profissional qualificado para elaborar todo o processo, e acredito que na cabeça deles (empreendedores), esse processo deve custar uma fortuna – o que não é verdade. Outro fator é o tempo. Alguns empreendedores dizem que “tempo é dinheiro“, mas, contrariando a máxima do capitalismo, tempo não é apenas dinheiro, tempo é vida! E para que seu negócio tenha vida nos dias de hoje é fundamental que essa etapa do dimensionamento de mercado seja realizada.

Se isso não foi feito no início do seu negócio, acredito que você deve ter sido pego de surpresa nessa atual crise que estamos passando e com isso, deve estar passando por algumas dificuldades. Talvez você ache que não, mas, muitas empresas que ainda estão resistindo é porque tiveram, no início, um plano de negócio bem elaborado. Sei que você vai dizer: “Mas tem empresas grandes que estão quebrando.” Sim, é verdade! Mas até as grandes empresas, acredite, às vezes não se importa com essa etapa. E com isso, o “processo”, que é uma das engrenagens fundamentais de uma empresa, acaba quebrando. Como resultado dessa quebra você perde seus produtos e as pessoas.

A boa notícia nisso tudo é que nunca é tarde para recomeçar! E eu estou aqui pra tentar te ajudar de alguma forma.

Essa pandemia trouxe muitos prejuízos para os empreendedores, concordo com você. Trouxe dúvidas sobre o futuro da nossa economia, trouxe medo para aqueles que não se planejaram, trouxe dívidas, mas, também trouxe a possibilidade de recomeçarmos da maneira correta! Minha pergunta é: “Por que você não aproveita esse tempo para fazer o redimensionamento do mercado?” Pensa bem! Tudo mudou! Hábitos de consumo, formas de atendimento, os consumidores estão mais disputados e mais criteriosos. Hoje por exemplo, ter um ponto bom já não é o suficiente, afinal de contas a grande parte dos consumidores estão em casa, acessando tudo pelo seu smartphone ou computador. Não é verdade? Então vou te dar 03 (três) dicas de como fazer esse redimensionamento de mercado.

1- Observe quantas empresas concorrentes ainda estão atuando depois dessa pandemia; (Com essa informação será possível você fazer um cálculo básico de quantos clientes potenciais existe para você e seus concorrentes. Se o mercado já estava competitivo antes de pandemia, imagine agora. Sabemos que algumas empresas não estavam preparadas para esse novo cenário, onde o ponto do negócio e a estrutura física já não são tão importantes assim, afinal de contas a maioria dos consumidores estão em suas casas. Com isso, essas empresas que estavam preparadas ou, que não se quiseram se adequar ao novo modelo de negócios, acabou tendo que abaixar suas portas.)

2- Tente fazer um cálculo de quanto cada cliente consome dos seus produtos ou serviços; (Mensurar essa informação pode parecer algo impossível, mas não. Isso pode ser feito através das notas fiscais ou, através de planilhas eletrônicas. E para os mais tradicionais, o caderno.)

3- Tente compreender e aceitar o atual porte de sua empresa; (Com a pandemia, muitos negócios tiveram sua realidade alterada, ou seja, a grande maioria perdeu um pouco de espaço no mercado. Nesse caso, é fundamental que você entenda a real capacidade de atendimento do seu negócio. Se é por bairro, na cidade inteira ou cidades vizinhas. Não se apegue ao termo: pequena, média e grande empresa, esse não é o momento pra isso. Ter essa informação vai fazer com que você consiga adequar o seu sistema produtivo à real demanda, evitando assim possíveis desperdícios.)

Eu sei que essas três essas dicas que estou dando à você, não é a Fórmula da Salvação, mas acredito que elas podem te ajudar e recomeçar da forma correta o seu negócio. Pense nisso! Entenda que o cenário mudou e daqui pra frente devemos estar preparados para novas mudanças que podem surgir. E pra finalizar, me coloco à disposição para tirar suas dúvidas, ouvir seus comentários e suas críticas. Conte comigo e lembre-se #juntosSOMOSmaisfortes